João Pedro Vaz
Atores

João Pedro Vaz

Guardar
Pedir orçamento
João Pedro Vaz
  • João Pedro Vaz 1
João Pedro Vaz
CV

Televisão

2021 – “Glória”, série, Netflix

2021 – “Vanda”, série, Opto

2021 – “Lusitânia”, série, RTP

2020 – “Vento Norte”, série, RTP

2016 – “Os Boys”, série, RTP

2015 – “Odisseia”, série, RTP

2014 – “Sol de Inverno”, novela, SIC

2009 – “Conta-me como Foi”, série, RTP

2008 –“O Dez”, série, RTP

2006 – “Testamento”, série, RTP

1999 – “Garrett”, série, RTP

 

Cinema

2021 – “Um filme em forma de Assim” de João Botelho

2021 – “O Bêbado” de André Marques

2021 – “A Pedra Espera dar Flor” de Rodrigo Areias

2021 – “O Jovem Cunhal” de João Botelho

2021 – “Restos” de Tiago Guedes

2021 – “Construímos um sacrifício pós-moderno” curta-metragem de Gustavo Imigrante

2017 – “Colo” de Teresa Villaverde

2016 – “Cartas da Guerra” de Ivo Ferreira

2014 – “Os Maias” de João Botelho

2008 – “O Destino do Sr. Sousa” curta-metragem de João Constâncio

2009 – “Se fosse ladrão roubava” de Paulo Rocha

2009 – “Nenhum Nome” curta-metragem de Gonçalo Waddington

2009 – “Todos Iguais a Dormir” curta-metragem de Jeanne Waltz

2008 – “Como desenhar um círculo perfeito” de Marco Martins

2007 – “Caravaggio” curta-metragem de José Maria Vaz da Silva

2007 – “Diz-me o que sonhas...” curta-metragem de Isabel Aboim-Inglez

2007 – “Diários da Nossa Guerra” curta-metragem de Paulo Castro

2007 – “Entre os Dedos” de Tiago Guedes e Frederico Serra

2006 – “Dotcom” de Luis Galvão Telles

2006 – “A Outra Margem” de Luis Filipe Rocha

2006 – “A Batalha Real” curta-metragem de Margarida Cardoso

2005” Coisa Ruim” de Tiago Guedes e Frederico Serra

2004 – “O Quinto Império” de Manoel de Oliveira

2004 – “A Piscina” curta-metragem de Iana e João Viana

2003 – “Vanitas” de Paulo Rocha

2003 – “A Imitação” curta-metragem de Saguenail

2002 – “A Passagem da Noite” de Luís Filipe Rocha

 

Teatro

2021 – “A Grande Magia de Eduardo” de Filippo, encenação de Tonan Quito, Culturgest

2018 – “A Arte da Comédia” de Eduardo de Filippo, encenação de João Pedro Vaz, T. Oficina

2017 – “Sopro de Tiago Rodrigues”, TNDMII e Festival d’Avignon

2015 – “Um Inimigo do Povo” de Ibsen, encenação de Tonan Quito, Teatro São Luiz

2015 – “O Animador” de John Osborne, encenação de Gonçalo Amorim, TEP

2014 – “Abril” encenação de João Pedro Vaz, Comédias do Minho

2014 – “Os Belos Dias de Aranjuez” de Peter Handke, encenação de Tiago Guedes, LEFFEST

2010 – “Ivanov” de Anton Tchékov, encenação de Tonan Quito, Truta

2010 – “A Gaivota” de Anton Tchékov. Encenação de Nuno Cardoso, Ao Cabo Teatro e TNSJ

2009 – “A Tempestade” de Shakespeare, encenação de Luis Miguel Cintra, T. Cornucópia

2009 – “Estados Eróticos Imediatos de Soren Kierkgaard” de Agustina Bessa Luís, encenação de Andresa Soares, Máquina Agradável

2009 – “Breve Sumário da História de Deus” de Gil Vicente, encenação de Nuno Carinhas, TNSJ

2008 – “A Floresta” de Alexandre Ostrovsky, encenação de Luis Miguel Cintra, T. Cornucópia

2008 – “O Concerto de Gigli” de Tom Murphy, encenação de Nuno Carinhas, ASSéDIO

2007 – “Herbário – Diário I-XVI” de Miguel Torga

2007 – “Ricardo II” de Shakespeare, encenação de Nuno Cardoso, TNDMII

2006 – “Waiting  for Godot” de Samuel Beckett, encenação de Miguel Seabra, T. Meridional

2006 – “The Pillowman” de Martin Mcdonagh, encenação de Tiago Guedes, T. Maria Matos

2004 – “Anfitrião” de António José da Silva, encenação de Nuno Carinhas, TNSJ

2005 – “Mapa”, direção de João Pedro Vaz e Joana Providência, Cassiopeia

2005 – “Um Número” de Caryl Churchill, encenação de João Pedro Vaz, ASSéDIO e Culturgest

2005 – “O Tio Vânia” de A. Tchékhov, encenação de Nuno Carinhas, ASSéDIO, Ensemble,TNSJ

2003 – “Castro” de António Ferreira, encenação de Ricardo Pais, TNSJ

2003 – “Os Dias de Hoje” de Jacinto Lucas Pires, encenação de Marcos Barbosa, .lilástico

2002 - “Peer Gynt” de Ibsen, encenação de João Lourenço, T. Aberto

2001 – “A hora em que não sabíamos nada uns dos outros” de Peter Handke, encenação José Wallenstein / TNSJ e T. Só

2001 -  “Três num baloiço” de Luigi Lunari, encenação de João Cardoso, ASSéDIO

2001 – “Dorme devagar” de João Tuna, encenação de Nicolau Pais, ASSéDIO

2001 – “Doze Nocturnos Em Teu Nome” de Maria G. Llansol (textos) e Amílcar Vasques

Dias (música), direção de João Pedro Vaz, ASSéDIO

2000 – “O Fantástico Francis Hardy, Curandeiro” de Brian Friel, encenação de Nuno Carinhas, ASSéDIO e TNSJ

2000 – “Supernova” de Abel Neves, encenação de Fernando Mora Ramos, ASSéDIO, Cendrev, T. Vila Velha (Brasil), CRAEB e TNSJ

2000 – “(A)tentados” de Martin Crimp, encenação de João Pedro Vaz, ASSéDIO

2000 - “Barcas” de Gil Vicente, encenação de Giorgio Barberio Corsetti, TNSJ

1999 – “Leituras. Garrett” a partir de textos de Garrett, direção de João Pedro Vaz, ASSéDIO

1999 – “Belo?” de Gerardjan Rijnders, encenação de João Cardoso, ASSéDIO

1999 – “Peça com repetições” de Martin Crimp, encenação de António Durães, ASSéDIO

1998 – “A Tragédia de Coriolano de Shakespeare, encenação de Jorge Silva Melo, AU

1998 – “Paysage Choisie” a partir de Lorca, enc. Nuno Cardoso, Rivoli

1998 – “Vermelhos, Negros e Ignorantes” de Edward Bond, encenação de Paulo Castro, TNSJ

1998 – “Coéforas de Esquilo”, encenação de Paulo Castro, Citemor

1998 – “O falcão de Marie Laberge” encenação de João Cardoso, ASSéDIO

1997 – “A Salvação de Veneza” de Thomas Otway, encenação Ricardo Pais, TNSJ

1997 – “Os Gigantes da Montanha” de Luigi Pirandello, encenação de Giorgio B. Corsetti, TNSJ

1997 – “A Libertação de Prometeu” concerto cénico de Heiner Goebbels, Rivoli

1996 – “Fando e Lis de Arrabal” encenação de Paulo Castro, TEUC

1996 – “Mauser de Heiner Müller” encenação de Paulo Castro, TEP

1996 – “No reino da bicharada” de Manuel António Pina, encenação de João Cardoso, TEP

1996 – “A Pandilha”  texto e encenação de Cândido Ferreira, TEP

1995 – “Íon de Eurípides” encenação de Paulo Castro, TEUC

1995 – “Antígona de Sófocles” encenação de Rogério de Carvalho, TEUC

1994 – “O Meu Coração a Nu” de Baudelaire, encenação de Paulo Castro, Teatro do Café

 

Prémios e Nomeações

2017 – Prémio GDA, Melhor Ator Secundário, filme “Cartas da Guerra”

2016 - Menção Especial da Crítica APCT, peças “Um Inimigo do Povo” e “O Animador”

2005  - Prémio The Best of Porto, Melhor Actor Teatro, peças “O Tio Vânia” e “Um Número”

2002 – Nomeação Globos de Ouro, Melhor Actor Teatro, peça “Peer Gynt”

2000 - Prémio Revelação Ribeiro da Fonte – Teatro (MC/IPAE), peça “O Fantástico Francis Hardy, Curandeiro”

João Pedro Vaz
Guardar
Pedir orçamento
João Pedro Vaz
João Pedro Vaz Pedido de orçamento
Nome 
Email  
Telemóvel 
Data do trabalho 
Nº de dias 
Direitos de imagem 
Descrição do trabalho 
Informações úteis